Senadores rejeitam redução do número de suplentes

Apesar de política fugir ao propósito deste site, não há como negar que nossas vidas sofrem influência direta desta, logo, alguns fatos não podem passar despercebidos. Este é um deles, em pleno movimento popular por mudaças (que perdeu o rumo, é verdade), parece que os políticos debocham do povo, mostrando que estão alheios aos anseios de quem os colocou lá na condição de representantes.

PEC também previa a proibição de parentes de sangue de até segundo grau ficassem nos cargos

A “agenda positiva” inaugurada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros(PMDB-AL), após a onda de manifestações populares sofreu um revés na noite desta terça-feira.

A proposta de emenda à Constituição (PEC) que reduzia o número de suplentes, de dois para um, e proibia que parentes de sangue de até segundo grau ficassem nessas posições foi rejeitada pelo plenário.

O projeto, de autoria de José Sarney (PMDB-AL), teve apenas 46 votos favoráveis e necessitava da aprovação de, no mínimo, 49 senadores. A matéria teve 17 votos contrários e uma abstenção.

Antes de ver a ideia derrotada, Sarney defendeu a aprovação da PEC em plenário, dizendo que a existência de dois suplentes “é uma situação que só ocorre no Brasil e acaba servindo para composições políticas espúrias e não para o benefício das instituições”.

Matéria veiculada em Zero Hora de 09/07/2013

Informação complementar:
Passados 2 dias após a primeira votação, que culminou no resultado acima, voltaram atrás e aprovaram o texto praticamente na integra. Isso me mostra 2 coisas:
1. O povo tem o poder para mudar;
2. Como eu desconfiava, a maioria do pessoal que esta no governo não faz a menor idéia do que esta fazendo lá, muito menos da realidade e do que esta acontecendo no país. Vivem numa cúpula isolada do mundo, feita por eles para eles.

Publicado em Desgoverno | Deixar um comentário

Gosto

Gosto não se discute. Se lamenta.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Cínico

“Todo poeta é um cínico contumaz. Afinal, amar, fantasiar e sonhar, todo mundo faz, mas só o poeta confessa…”

– Anderson Fabiano

Publicado em Frases, Sem categoria | Deixar um comentário

Alimento estranho que emagrece

Facebook-alimento_estranho3

Tem que comer aquele cara ??? Realmente é um alimento estranho.

Capturado dos anúncios do Facebook em 07/07/2013.

Publicado em Facebook e Afins | Deixar um comentário

Duas Metades

Via de regra, duas metades não fazem um inteiro, exceto em casos em que sejam originários do que um dia foi este inteiro.

Publicado em Teorias | Deixar um comentário

Saci Pererê

Tenho 99% de certeza que Saci Pererê existe. Só não tenho 100% porque nunca peguei ele em flagrante. É fato que quando eu vou tomar banho, deixo a roupa em cima do banco no banheiro e quando vou pegar a roupa para colocar para lavar, cadê as meias ? Só acho um pé. É incrível, a outra simplesmente some. Não cheguei a fazer uma estatística , mas tenho a sensação de que em torno de 40% das vezes, isso acontece.

Eventualmente encontro a  meia em lugares inusitados, mas na maioria das vezes o safado leva ela embora mesmo. Estou cheio de meias sem par aqui em casa, e sei de muita gente que tem o mesmo problema.

Acho que vou comprar sempre meias iguais. Mesmo que o safado do Saci roube uma meia, sempre conseguirei fazer pares.

Publicado em Teorias | Deixar um comentário

Uma definição de amar

Ok, ok, pode ser meio gay (nada contra gays), mas eu gosto dessa música, principalmente pelo refrão, que define o que é amar. Óbvio, nem todos amam da mesma forma, mas esta é uma das minhas preferidas: a própria ausência de motivo, amar por amar, pelos pequenos detalhes que tornam a pessoa especial e única. De certa forma, está relacionado com outra frase que gosto, retirada de “O Homem Bicentenário”: “O que nos torna diferente das outras pessoas são as nossas imperfeições”. Provavelmente é isso que nos faz amar alguém, um conjunto único de características.

Além disso, eu precisava testar o plugin, então… (pode parecer desculpa, mas não é. É sério, eu juro)


You’re so beautiful
But that’s not why I love you
I’m not sure you know
That the reason I love you
Is you, being you, just you
Yeah, the reason I love you
Is all that we’ve been through
And that’s why I love you

Publicado em Pensamentos | Deixar um comentário

Home, sweet home ?

Quando você sai do serviço e fica na dúvida de quer ir para casa ou se é melhor ir para qualquer outro lugar (inclusive voltar para o serviço), é um forte indício de que existem sérios problemas no seu relacionamento com a pessoa lá também reside.

Publicado em Pensamentos | Deixar um comentário

Distância

A menor distância entre dois pontos é o teletransporte, mas como isso ainda não é para todos, deixa sendo a reta mesmo.

Publicado em Teorias | Deixar um comentário

Stress

Esses dias um amigo falou uma frase e me solidarizei, pois acredito que em um momento ou outro da vida, todos passamos por situação semelhante.

A frase era mais ou menos assim:

“O cara se sente com 60 anos num ‘corpitcho’ de 50, mas a identidade indica 38 anos. Acho que preciso de férias…”

Sorry Satz (é, o nome dele é esquisito mesmo: Satzwarupah Dasa Goswame), já era. Espero que não fique chateado pela apropriação… kissis.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário