AngularJS Promises – O guia definitivo

Fonte: http://nomadev.com.br/angularjs-promises-promessas-o-guia-definitivo/

 

Publicado em AngularJS, Ionic e Cordova | Deixar um comentário

Promises in AngularJS, Explained as a Cartoon

Fonte: http://andyshora.com/promises-angularjs-explained-as-cartoon.html

Publicado em AngularJS, Ionic e Cordova | Deixar um comentário

Using AngularJS Promises

Fonte: http://liamkaufman.com/blog/2013/09/09/using-angularjs-promises/

Publicado em AngularJS, Ionic e Cordova | Deixar um comentário

JavaScript Promises

Fonte: http://wildermuth.com/2013/8/3/JavaScript_Promises

Publicado em AngularJS, Ionic e Cordova | Deixar um comentário

É vero

Hmmm…

Depois de muito refletir do alto da minha esquizofrenia (sim, por mais assustador que isso possa parecer, eu já conversei com vários de vocês mais de uma vez dentro da minha caixola, apenas não falei em voz alta porque não faria o menor sentido), cheguei à conclusão de que as pessoas não estão preparadas para a verdade.

Por mais que peçam sinceridade, esperam no máximo meias verdades, palavras relativizadas de uma realidade que, crua, corta o coração. Não confunda isso com falta de tato, pois já testei de várias formas: diretamente (também conhecido como “ser grosso”), medindo palavras, desenhando, mas sempre obtive o mesmo resultado: mágoas, mesmo quando não era mero coadjuvante dentro de um contexto onde pediram uma simples opinião. A mentira (já vi com outros nomes, como política) continua realmente sendo (e provavelmente sempre será) o necessário cimento social.

Ainda bem que em 2152 o Capacitor de Fluxo finalmente se tornou viável comercialmente, e utilizando minhas estalecas, ebits e smiles consegui um seminovo. Agora posso voltar aos finados anos 90 e dizer à Laura que ela sempre foi a mulher da minha vida, mas infelizmente lhe falta colhões (perigoso isso), à Fabiane que tudo passa, até a uva, mas atitudes são necessárias para o processo de industrialização, e não apenas se queixar de pagamento em vida de pecados cometidos, e à Emanuelle (ah, Emanuelle) que tudo tem limite, mesmo não  tendo.  É bem verdade que eu deveria ter ficado com a pílula azul, mas a vermelha parecia tão mais apetitosa…

Àqueles que não entenderam nada assim como eu, só posso dizer lamento, e que provavelmente é efeito do gás lacrimogêneo que inalei na manifestação contra o Comando Central que não participei.

Vida longa e próspera.

Publicado em Pensamentos | Deixar um comentário

Guia rápido para escolher sua religião

guia_rapido_religiao

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Como ganhar qualquer discussão

Achei divertida esta matéria, e resolvi compartilhar.

http://super.abril.com.br/historia/como-ganhar-qualquer-discussao-446981.shtml?utm_source=redesabril_jovem&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_super&

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Digievolução, digo, Revolução Sexual

Realmente parece que as mulheres resolveram tomar a iniciativa nas abordagens, inclusive mulheres casadas andam abordando os homens (mesmo os casados). Alguns acham que melhorou, pois os mais tímidos, por exemplo, não tem mais a obrigação de tomar a iniciativa, ou seja, chegamos a um equilíbrio de responsabilidades. Outros acham que ninguém mais está seguro, pois perdeu-se o respeito ao companheiro (estou falando em relação aos casados neste caso, onde supostamente deveria existir um comprometimento com a outra parte). Não estou falando aqui dos casos de descontentamento com a relação atual (caso em que deveriam resolver um problema antes de arranjar outro, mas enfim…), mas de mulheres que apenas pretedem pular a cerca sem abandonar a relação atual, simples assim.

Ok, estas questões podem ser legítimas, mas o que realmente me atormenta é: Será que as mulheres estão tão confusas quanto os homens, a ponto de não saberem mais claramente o que querem ? (eu apostava em vocês para manterem a sanidade do mundo, suas lindas).

Porque um dos pilares da argumentação delas sempre foi de que os homens não crescem, não sabem o que querem, não querem compromisso, não podem ver um rabo de saia e tal, mas elas não estão fazendo a mesma coisa ?

Céus, o mundo está perdido. Acho que não vou conseguir dormir esta noite…

Leave Out All The Rest

I dreamed I was missing.
You were so scared,
But no one would listen
‘Cause no one else care.

After my dreaming,
I woke with this fear.
What am I leaving,
When I’m done here?

So if you’re asking me,
I want you to know:

[Chorus]
When my time comes
Forget the wrong that I’ve done,
Help me leave behind some
Reasons to be missed.
Don’t resent me,
When you’re feeling empty
Keep me in your memory,
Leave out all the rest
Leave out all the rest…

Don’t be afraid
Of taking my beating.
I’ve shared what I’d made.

I’m strong on the surface,
Not all the way through.
I’ve never been perfect,
But neither have you.

So if you’re asking me,
I want you to know:

[Chorus]
When my time comes
Forget the wrong that I’ve done,
Help me leave behind some
Reasons to be missed.
Don’t resent me,
When you’re feeling empty
Keep me in your memory,
Leave out all the rest
Leave out all the rest…

Forgetting,
All the hurt inside
You’ve learned to hide so well.
Pretending,
Someone else can come
And save me from myself.
I can’t be who you are.

[Chorus]
When my time comes
Forget the wrong that I’ve done,
Help me leave behind some
Reasons to be missed.
Don’t resent me,
When you’re feeling empty
Keep me in your memory,
Leave out all the rest
Leave out all the rest…

Forgetting,
All the hurt inside
You’ve learned to hide so well.
Pretending,
Someone else can come and save me from myself.
I can’t be who you are…
I can’t be who you are.

Esqueça Todo O Resto

Eu sonhei que estava desaparecendo.
Você estava tão assustada
Mas ninguém podia ouvir
Pois ninguém mais se importava

Depois do meu sonho,
Acordei com esse medo
O que eu estarei deixando,
Quando eu acabar por aqui?

Então se você está me perguntando,
Eu quero que você saiba:

[Refrão]
Quando minha hora chegar,
Esqueça os erros que eu cometi,
Ajude-me deixar para trás algumas
Razões para ser esquecido.
E não fique ressentida comigo
Quando sentir-se vazia
Mantenha-me em sua memória,
Esqueça todo o resto
Esqueça todo o resto…

Não tenha medo
De levar minha derrota.
Eu compartilhei o que eu fiz.

Eu sou forte na superfície,
Não por completo.
Eu nunca fui perfeito,
Mas nem você foi.

Então se você está me perguntando,
Eu quero que você saiba:

[Refrão]
Quando minha hora chegar,
Esqueça os erros que eu cometi,
Ajude-me deixar para trás algumas
Razões para ser esquecido.
E não fique ressentida comigo
Quando sentir-se vazia
Mantenha-me em sua memória,
Esqueça todo o resto
Esqueça todo o resto…

Esquecendo
Toda a mágoa
Que você aprendeu a esconder tão bem.
Fingindo
Que alguém pode chegar
E me salvar de mim mesmo.
Eu não posso ser quem você é.

[Refrão]
Quando minha hora chegar,
Esqueça os erros que eu cometi,
Ajude-me deixar para trás algumas
Razões para ser esquecido.
E não fique ressentida comigo
Quando sentir-se vazia
Mantenha-me em sua memória,
Esqueça todo o resto
Esqueça todo o resto…

Esquecendo
Toda a mágoa
Que você aprendeu a esconder tão bem.
Fingindo
Que alguém pode chegar e me salvar de mim mesmo.
Eu não posso ser quem você é…
Eu não posso ser quem você é.

Publicado em Cotidiano, Pensamentos | Deixar um comentário

Certeza?

image

A pessoa certa é aquela que da aquilo que você precisa, não o que você quer. Normalmente são coisas distintas.
Cada pessoa tem uma percepção do mundo e sobre si, e esta percepção, via de regra, é distorcida e imprecisa. É como uma criança que se apaixona pelo quadrado e quer encaixar esta forma em todas a lacunas, certamente não conseguirá, até porque talvez você seja triângulo, e nem saiba disso. Buscar alguém com todos os parâmetros preestabelecidos, além de não funcionar, pode trazer consecutivas decepções. É uma espécie de síndrome do príncipe encantado, que a maioria das adolescentes procuram, mas ele não existe, e a culpa é dos homens ou dela, que estabeleceu parâmetros inexistentes para a sua busca? Talvez ela simplesmente precise de alguém que a surpreenda.
A pessoa certa, portanto, é a que se encaixa melhor ao que você precisa, não com às tuas fantasias.

Publicado em Pensamentos | Deixar um comentário

Temperatura e Pressão

Parece tudo ser uma questão de temperatura e pressão.

figure-03-11-1

O diamante e o grafite, por exemplo, possuem a mesma composição, o que muda é apenas a estrutura molecular em função destes dois fatores. O ser humano não foge à regra (talvez por também sermos compostos por carbono ?).


Diamantes são os melhores condutores térmicos, ou seja, dissipam calor mais rápido que qualquer outra substância, ao passo que são isolantes elétricos, impedindo a passagem de correntes elétricas. Inertes quimicamente, dificilmente reagem com outras substâncias, passando incólumes por banhos de ácido capazes de dissolver metais.Tudo isso misturado numa só pedrinha, e tem-se a receita de um material quase perfeito. Até 1955, quando nos laboratórios da General Electric americana foi produzido o primeiro diamante sintético, dependia-se apenas dos naturais que haviam se dignado a subir à superfície da Terra. Somente em 1797, o químico inglês Smithson Tennant provou que o diamante era simplesmente uma forma de carbono: queimado na presença de oxigênio, virava dióxido de carbono, como acontece com a grafita ou com o reles carvão vegetal. O século e meio seguinte foi de corrida para ver quem descobria a receita de transformar grafita em diamante, em que a GE chegou primeiro.O método desenvolvido pela GE é a técnica de alta pressão e alta temperatura. Junta-se um pouco de grafita, um catalisador (metais como ferro, cobalto e níquel), faz-se um sanduíche de várias camadas, colocando-o no centro de uma câmara de alta pressão. No Laboratório de Alta Pressão da Federal gaúcha, montado com máquinas e equipamentos totalmente projetados e construídos no Brasil (e iguais aos estrangeiros ), essa câmara é o furo central de um disco de carboneto de tungstênio. uma liga superdura.

Colocada numa prensa de 500 toneladas, a câmara atinge a pressão de 50 000 a 60 000 atmosferas—1 atmosfera é a pressão do ar ao nível do mar. Uma corrente elétrica passa então por dentro da câmara e aquece o sanduíche na temperatura ideal de 1 500ºC. Em cinco minutos, tem-se uma mistura solidificada de diamantes pequenininhos e metal. Um banho de ácido dissolve o metal e ficam só as pedrinhas. Parece simples, mas é preciso controlar muito bem temperatura e pressão, para que o processo seja eficiente.Acima de 1 000 graus Celsius, o diamante em pressão normal se grafitiza. Isso só não acontece na câmara por causa da alta pressão, condição em que a forma estável do carbono é o diamante. Quando se quer uma pedra maior, monocristalina, um pequeno diamante é colocado na base da câmara, e ali o carbono vai se depositar, fazendo-o crescer, num processo que pode demorar uma semana.Foi assim que o laboratório da GE fabricou seu diamante ultrapuro, com 99,9% de isótopos de carbono-12 (enquanto os naturais têm 99% ), e apenas 0,1% de carbono-13, considerado uma impureza. Esse ultrapuro consegue a proeza de conduzir calor com 50% a mais de eficiência do que o diamante natural. Do diamante, costuma-se dizer que é para sempre, mas na verdade não deveria ser nem por trinta segundos. Na temperatura e pressão da superfície da Terra, a forma estável do carbono é a grafita. O diamante é a forma metaestável, ou seja, só continua existindo porque não há energia suficiente (alta temperatura) que sacuda seus átomos e o faça retornar à forma estável, a grafita.

Fonte: http://super.abril.com.br/ciencia/diamantes-toda-obra-439860.shtml

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário